SOBRE O FESTIVAL

— nota curatorial —

Em sua 11ª edição, o Festival Pequenas Sessões investiga manifestações que inspiram a presença de vida… de existência. 2020 e 2021 certamente serão conhecidos por se fazerem sensíveis à necessidade urgente da ressignificação das ações instauradas pelo projeto civilizatório.

Neste sentido, ao elaborar esta edição constatamos que o ato ressignificar objetiva a efetividade de uma ação, isto é, a instância de uma decisão que nos impulsiona a deslocamentos que, por sua vez, ecoam ressonâncias até então não ouvidas. Aqui, nos orientamos a partir das “estratégias de sobrevivência” tratadas pelo filósofo e sociólogo francês Edgar Morin (1921–) em seu livro Introdução ao pensamento complexo, compreendo-as como (im)pulsos para darmos vida a nosso evento.

Para nós, “estratégias de sobrevivência” são (im)possíveis ações que concebemos em uma busca por sustentabilidade do habitat onde nos encontramos – habitat que compreende espaço e ecossistema, cuja capacidade de recursos disponíveis para a existência das espécies que ali se encontram é limitada.

Morin nos conscientiza que toda “ação entra em um universo de interações”, sendo finalmente o ambiente difusor das possíveis frequências – frequências, estas, que podem amplificar texturas, vozes e timbres, e que, reamplificadas, podem torna-se contrárias às nossas intenções, nos fazendo completamente surdos.

Cá estamos em 2021 vivendo um dos maiores riscos e incertezas gerados por nossas ações. Estaremos prontos para buscar as estratégias de sobrevivência no habitat em que estamos inseridos?

Para viver tal questionamento, Pequenas Sessões 2021 estruturou-se a partir da estreia de 10 obras criadas especificamente para este ano. O festival reuniu 19 artistas sonorxs, visuais, plásticxs, atrizes e cineastxs no desejo de experimentar formatos híbridos de criação artística que reconfiguram suas próprias estratégias de criação colaborativa.

Firmando-se como um relevante espaço para a produção, execução e difusão da música e arte em Minas Gerais, Pequenas Sessões acontece ao longo de 5 dias, de 24 a 28 de maio, apresentando obras coletivas e compartilhando frutíferos debates entre artistas, público e cidade.

— seminário —

O seminário nasce no intuito de compartilhar inquietações e produzir questionamentos vitais para a manutenção e existência do evento. Ao longo da semana, serão partilhados conhecimentos e sabedorias que rompem das vivências e dos contextos criativos e econômicos, trazendo à tona diferentes olhares e escutas acerca da produção das artes experimentais. Para esta edição, contamos com a contribuição de artistas, agentes e produtorxs culturais além de investigadorxs das sonoridades e artes visuais.

Sejam muito bem-vindos, bem-vindas e bem-vindas!

— pequenas sessões 2021 é: —

Direção geral e curadoria:
Daniel Nunes

Produção:
La Petite Chambre Records

Comunicação:
Pamela Leme – Agência Alavanca

Arte:
Bruno Nunes

Coordenação técnica:
André Veloso

Acessibilidade:
Conectar360

Site:
Sérgio Senoux – Target Criativa

Edição de vídeo:
Samuel Mendes

Auxiliar Administrativo:
Graziane Gonçalves

——

GALERIA

SEMINÁRIO

CONTATO

Envie uma mensagem para as Pequenas Sessões:

pequenassessoes@gmail.com